segunda-feira, 18 de maio de 2009

Australiano quer doar pele tatuada para museu


(Imagem: BBC Brasil) (O australiano Geoffrey Ostling, de 62 anos, quer doar a própria pele tatuada a um museu ou galeria de arte no país quando morrer. O professor de história aposentado começou a tatuar o corpo aos 42 anos, e considera as 62 tatuagens espalhadas pelo corpo "uma obra de arte".)

O australiano Geoffrey Ostling, de 62 anos, quer doar a própria pele tatuada a um museu ou galeria de arte no país quando morrer. O professor de história aposentado começou a tatuar o corpo aos 42 anos, e considera as 62 tatuagens espalhadas pelo corpo "uma obra de arte".




Nao colocaria isso em um museu nem se ele me pagasse O......o

Nenhum comentário:

Postar um comentário